Mais veloz que Massa, Nasr elogia evolução da Williams

Brasileiro vice da GP2 não andava no carro da equipe desde maio e revela ter sentido a diferença

Foram apenas 19 voltas, mas o suficiente para que Felipe Nasr pudesse comprovar a evolução da Williams desde maio, quando havia pilotado o FW36 pela última vez. O brasileiro participou da primeira sessão de treinos livres do GP dos Estados Unidos, se ‘desenferrujou’ antes do GP do Brasil e, de quebra, ainda superou o outro piloto da equipe, Felipe Massa.

[publicidade] “A última vez que eu tinha andado no carro havia sido em Barcelona, muita coisa mudou desde então – a equipe conseguiu melhorar bastante”, elogiou o brasiliense ao TotalRace. “O carro tem mais aderência, está mais estável. Consegui ganhar bastante quilometragem, ainda que tenhamos tido um pequeno problema no final, então teria sido melhor ter andado mais.”

Perguntado se é justo comparar seu tempo com o de Massa – Nasr terminou o treino em oitavo e foi mais de três décimos mais rápido – o piloto explicou que os carros não eram os mesmos.

“Não posso dizer que os carros estavam iguais, pois a equipe estava trabalhando com dois tipos de acertos para testar o melhor equilíbrio. Mas algo que nós dois sentimos foi a dificuldade com os pneus traseiros, que estavam se superaquecendo. Tirando isso, o equilíbrio foi muito bom.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias