Maldonado aposta suas fichas no ritmo de corrida da Williams

Apesar de ter sido cortado ainda no Q1, companheiro de Rubens Barrichello acredita que o carro se comportará melhor de tanque cheio

Maldonado destacou o fato de ter mais pneus novos que os rivais

O venezuelano Pastor Maldonado foi eliminado junto das equipes nanicas na primeira parte do treino de classificação e vai largar na 18ª colocação no GP da Malásia. O piloto da Williams, no entanto, confia no ritmo de corrida para ter um desempenho melhor amanhã.

Falando ao TotalRace, o companheiro de Rubens Barrichello admitiu que teve dificuldades em tirar o máximo do carro com a configuração de classificação.

“Creio que foi difícil para nós dois. Sempre que tiramos a gasolina o carro perde performance. Temos que trabalhar nisso para sermos competitivos, como na primeira corrida. Amanhã acho que tudo vai mudar porque temos um ritmo muito bom quando andamos pesados.”

O venezuelano destacou que, como foi eliminado ainda no Q1, tem mais jogos de pneus disponíveis que os rivais.

“Temos muitos pneus novos para amanhã e tudo pode mudar. Nosso carro anda muito bem com bastante peso e veremos amanhã o que podemos fazer. Há muita diferença entre os compostos de pneus. Veremos o que podemos fazer na corrida em termos de estratégia.”

Mesmo admitindo que a performance da Williams não foi das melhores no treino, Maldonado disse que faltou sorte para passar ao Q2.

“Tinha carro para entrar no Q2. Tive um pouco de má sorte, peguei tráfego, não foi uma classificação limpa.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias