Maldonado: de olho em 2012, mas sem esquecer 2011

Venezuelano sabe da importância de vaga da Williams, mesmo com má fase do time, e espera ver crise ir embora rapidamente

Pastor Maldonado: esperança em mais pontos ainda em 2011

Mesmo sem muitos resultados concretos a bordo do carro da Williams, Pastor Maldonado expressa o desejo de seguir competindo com o time inglês na próxima temporada.

Apesar da fase da equipe de Grove não ser das melhores, o venezuelano sabe que uma vaga na F-1 é algo valioso, ainda mais em um carro de tradição como o da Williams, e bota fé no fim da fase ruim. 
 
"Ainda não temos nada fechado, mas gostaria de estar aqui ano que vem. Todos estão trabalhando duro no projeto do próximo ano. Porque, além de ser uma equipe histórica e responsável, tem uma tradição de estar sempre na frente", comenta. 
 
"Espero que passe logo essa crise de resultados e que possamos chegar a um acordo para o ano que vem e seguir em frente", continua Maldonado, que comentou sobre o trabalho para o carro do próximo ano. O campeão da GP2 revelou que ele e Rubens Barrichello já foram consultados sobre o projeto. 
 
"Tanto Rubens quanto eu demos algumas opiniões no carro do ano que vem e nos escutaram bastante. É um projeto em que levaram muito em consideração nossas opiniões e acho que vai funcionar porque nós dois sempre sentimos as mesmas coisas do carro e isso é algo muito importante para seguir apenas em uma direção e resolver os problemas deste ano."
 
Contudo, o trabalho em 2011 ainda não acabou: "Seguimos trabalhando no desenvolvimento do carro deste ano porque acreditamos que ainda podemos ganhar alguns pontos, tanto para a equipe, quanto para mim e meu país. Vamos continuar trabalhamos por mais alguns meses, paralelamente com o trabalho do ano que vem."
 
(Colaborou Julianne Cerasoli, de Monza) 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias