Maldonado é "cabo eleitoral" de Barrichello na Williams

Venezuelano destaca aprendizado com o brasileiro, mas não descarta possibilidade de virar líder da equipe

Maldonado e Barrichello no paddock

Rubens Barrichello não esconde as dificuldades na negociação da renovação com a Williams para o ano que vem. Mas o piloto brasileiro tem ao menos um cabo eleitoral dentro da equipe: Pastor Maldonado.

O venezuelano, em sua primeira temporada na Fórmula 1, admite que ter um companheiro experiente tem sido muito importante para seu crescimento.

“Aprendi muito com Rubens. Dá para perceber sua experiência na equipe e isso também refletiu na maneira como estou lidando com as coisas. Crescemos durante todo o ano.”

Maldonado deixou claro que não acredita que o mau desempenho da Williams, que vem tendo sua pior temporada em mais de 30 anos de história, tem a ver com os pilotos.

“Gosto muito de Rubens. Trabalhamos muito bem juntos desde o começo da temporada. Se nós dois ficarmos, creio que seria uma boa dupla e, se o carro melhorar, creio que seremos muito competitivos.”

Além de poder espelhar-se em um piloto com 19 temporadas na categoria, Pastor salienta que a briga saudável dentro da Williams o ajudou.

“Acho que estou bem contra ele. Às vezes estou mais rápido, às vezes é ele, mas acho que somos bons companheiros de equipe, há um bom ambiente dentro do time e isso é bom para os dois.”

Por outro lado, perguntado pelo TotalRace se estaria em posição de liderar a equipe caso Barrichello não renovasse, Maldonado afirmou que aceitaria o desafio, logo em sua segunda temporada na F-1. “Não sei. Se tiver de ser assim, terei de ser o líder. E vou ser.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Rubens Barrichello , Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias