Maldonado e Perez saem da classificação satisfeitos

Enquanto o mexicano tem esperanças de fazer uma boa estratégia na corrida, o venezuelano só lamentou falha no Kers

Maldonado ficou a quatro décimos de Barrichello, mesmo sem Kers

A Williams conseguiu sua melhor posição de largada da temporada, com Rubens Barrichello em 11º e Pastor Maldonado em 14º. Fruto das novidades que a equipe trouxe para o GP da Turquia, mas também do circuito, segundo Pastor Maldonado.

“Acho que o traçado favorece o nosso carro. Funcionamos muito bem hoje. É uma pena que eu não tenha usado o Kers, caso contrário lutaríamos certamente para entrar na Q3”, revelou o venezuelano ao TotalRace.

Maldonado acredita que o pneu macio segue sendo o melhor, inclusive para a corrida.

“A aderência é maior, tanto na dianteira quanto na traseira, e o duro é uma incógnita. Veremos amanhã quantas voltas ele poderá fazer.”

Outro estreante que teve boa performance hoje, Sergio Perez, lamentou que a Sauber não tenha tido ritmo para lutar para entrar no Q3.

“É uma pena que estivéssemos tão longe. Amanhã esperamos que a estratégia funcione e que cheguemos aos pontos.”

Dando a impressão de que vai a duas paradas nas 58 voltas da corrida, Perez afirmou que o pneu duro é mais duravel e que o macio, “se aguentar 17 voltas, será muito bom”.

O mexicano larga na 15ª colocação, enquanto o companheiro Kamui Kobayashi teve problemas na bomba de combustível ainda no Q1 e sequer marcou tempo na sessão de classificação.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Pastor Maldonado , Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias