Maldonado se diz mais feliz na Lotus do que na Williams

Mesmo sem ter marcado um ponto sequer no campeonato, venezuelano elogia seu atual time

Mesmo sem ter marcado um ponto sequer nesta temporada, Pastor Maldonado garante que está mais feliz na Lotus do que na Williams, equipe que defendeu pelos últimos três anos. Isso, mesmo que seu antigo time esteja fazendo sua melhor temporada dos últimos 10 anos.

[publicidade] “Estou me sentindo melhor”, disse o venezuelano, que continuará na Lotus ano que vem. “Não estava me sentindo mal na Williams, estava bem, especialmente nos dois primeiros anos quando eu venci e também quando comecei com Rubens Barrichello como companheiro. Aprendi muito e fico contente de ter sido parte de uma grande lenda como a Williams.”

Porém, o piloto disse ter sentido ano passado que queria algo novo. “Não estávamos progredindo em termos de desenvolvimento, mas eu sabia que esse não seria uma repetição de 2013 para eles porque eles tinham o motor Mercedes e um bom carro. Na minha opinião, a potência extra está ajudando bastante.”

Por outro lado, é justamente a deficiência de potência do motor Renault que complica a vida da Lotus neste ano, segundo Maldonado. “Talvez o pacote não esteja funcionando bem, porque os números de aerodinâmica e eficiência são muito bons. Agora a grande diferença é a falta de potência.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias