Maldonado tenta disfarçar, mas fala como piloto da Williams em 2012

Venezuelano descreve o tipo de carro que espera da equipe e considera que só é necessário um "empurrão" para pontuar

A Williams parece feliz com os petrodólares de Maldonado

A continuidade de Pastor Maldonado é dada como praticamente certa na Williams. No entanto, o venezuelano, ainda não confirmado em 2012, prefere adotar a cautela na hora de comentar sobre sua segunda temporada na F-1.

"Espero que a equipe siga desta maneira e espero continuar aqui. Não estou confirmado, mas quero muito poder estar com a Williams novamente."

No entanto, o venezuelano deixou escapar ao TotalRace suas expectativas para o carro do ano que vem.

"Ando bem em carros distintos e, sem dúvida, a equipe já me conhece e pode trabalhar em cima do meu estilo. Não creio que isso faça diferença, pois queremos um carro rápido e tenho de me adaptar se não for. Nós queremos um carro rápido e consistente."

Maldonado, que afirmou preferir um carro “traseiro” por pensar que “é mais rápido assim”, acredita que a Williams não está tão longe dos pontos e acredita que a equipe só precisa de um “empurrão” para melhorar seus atuais cinco pontos.

"Estamos trabalhando muito e com bastante esperança em ver a Williams voltar a ser competitiva desde o fim deste ano, mas não tem sido fácil. A equipe melhorou, não somou pontos recentemente mas sempre está lá batendo na trave. Espero seguir trabalhando para dar esse pequeno empurrão e conseguir colocar os dois carros dentro dos pontos."

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias