Marussia Virgin anuncia parceria técnica com a McLaren

Equipe vai utilizar equipamentos e túnel de vento do time de Woking. Nova sede será em Banbury, cidade próxima a Silverstone

VR02 em ação: carro criado por Nick Wirth não agradou

A equipe Marussia Virgin anunciou nesta segunda-feira novidades na sua estrutura técnica. O time fechou uma parceria com a equipe McLaren que prevê acesso a uma série de estruturas do time de Woking, incluindo o túnel de vento.

A decisão indica uma clara mudança de filosofia, já que os dois carros criados pelo antigo diretor técnico Nick Wirth foram desenvolvidos utilizando a técnica de CFD (siga em inglês para “fluídos dinâmicos computacionais”), uma maneira de desenvolver a aerodinâmica de um carro de Fórmula 1 apenas no computador.

A Marussia Virgin anunciou também que adquiriu as instalações da Wirth Research Technology na cidade de Banbury para ser a sede da equipe no futuro, num processo que deve durar dois anos.

O diretor executivo da equipe Andy Webb se mostrou animado com as novidades. “Estou feliz de fazer estes dois anúncios num período relativamente pequeno desde que fizemos uma revisão da equipe no primeiro semestre do ano. São novidades importantes que nos permitirão dar um passo importante para o futuro com efeito imediato”, afirmou.

A equipe também confirmou que Pat Symonds, ex-Renault, continua atuando como consultor da equipe em assuntos técnicos. Por ser um dos envolvidos no escândalo que cercou a vitória de Fernando Alonso no GP de Cingapura de 2008, Symonds não pode assumir um cargo efetivamente operacional dentro da Fórmula 1 até o final de 2012.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias