Massa acredita que desempenho da Ferrari é culpa do circuito

Brasileiro compara rendimento ruim da Espanha com da primeira corrida do ano e afirma que o carro deve melhorar para as próximas provas

Felipe Massa abandonou o GP da Espanha

Felipe Massa teve muitas dificuldades para se acertar com seu Ferrari no final de semana do GP da Espanha e isso se traduziu nos resultados. Oitavo no grid, o brasileiro lutou por toda a prova por posições intermediárias e acabou abandonando, com um problema de câmbio.

O piloto ferrarista vê os pneus como grande vilão de seu desempenho, principalmente numa prova em que a Pirelli estreou um composto ainda mais duro que, segundo Massa, proporciona baixa aderência e sofre muito desgaste.

“Nesse final de semana sofri muito com esse tipo de problema do pneu. Foi parecido com a Austrália. Não sei se é o asfalto ou o tipo de aquecimento necessário. Mas foi diferente de todas as outras pistas, tirando Melbourne. A maneira como o carro estava aqui não me ajudou, sem dúvida”, afirmou o piloto ao TotalRace.

Ao citar Melbourne, Massa se refere à primeira corrida do ano, quando largou da mesma oitava posição e vinha fazendo uma boa prova até calçar os pneus duros e cair de rendimento. Mas o brasileiro espera que os problemas não se repitam.

“Essa não foi uma boa corrida para a gente. Ao observar a maneira como McLaren e Red Bull funcionam com todos os tipos de pneu, quantas voltas conseguem dar com os macios, o ritmo, tudo foi diferente em relação às outras corridas. Acredito que a gente possa ser mais competitivo em outro lugar, onde podemos usar o pneu de maneira correta.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias