Massa aposta em Williams melhor em curvas mais lentas

Depois de uma corrida decepcionante em Monte Carlo, time inglês foca em melhora substancial em Budapeste

Tendo a grande fraqueza do FW37 nas pistas de baixa velocidade, a Williams espera conseguir reverter o quadro negativo que se apresentou com sua péssima performance no GP de Mônaco neste final de semana, na Hungria. Na ocasião, pela primeira vez desde 2013 nenhum dos carros da equipe britânica pontuou.

Felipe Massa está confiante nas evoluções que serão trazidas para Hungaroring.

“Hungria é um lugar especial para mim. Tenho muitos fãs por lá depois do meu acidente em 2009. Desde então, as pessoas têm realmente torcido por mim, o que é ótimo.”

“Estar tão perto de uma cidade que tem uma cultura fantástica realmente contribui para o fim de semana de corrida.”

“Este circuito, em condições normais, não se adéqua a nossas forças porque é de baixa velocidade. Mas temos melhorado muito o carro nas últimas corridas, com as evoluções que introduzimos. Por isso, devemos ter outro final de semana competitivo."

Já Valtteri Bottas espera contar com o apoio da torcida finlandesa, que normalmente comparece em peso em Hungaroring. "Budapeste é uma grande cidade e que abriga uma grande corrida.”

“Há muitos fãs finlandeses que vivem na Hungria, mas também muitos outros que viajam para este fim de semana de corrida. Sempre tenho muito apoio - é quase um GP da Finlândia.”

“O circuito é muito diferente dos últimos, porque é muito mais apertado. Tem mais curvas de média e baixa velocidade, mas nosso desenvolvimento tem se focado em pistas como esta, para gerar mais downforce. Temos que mirar em ter um fim de semana forte e conseguir um bom resultado."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pista Hungaroring
Pilotos Felipe Massa , Valtteri Bottas
Equipes Williams
Tipo de artigo Preview