Massa destaca lado humano da Ferrari em despedida

Piloto se diz ansioso para andar com um carro de F-1 sem o motor italiano: "Vai ser uma nova experiência"

O GP do Brasil representou o fim de uma era da vida esportiva de Felipe Massa. O brasileiro até hoje só utilizou motores Ferrari andando na Fórmula 1, começando pela Sauber e chegando ao time italiano. Para Massa, 2014 trará novos desafios, o maior deles será liderar a Williams na tentativa de levar a tradicional equipe britânica de volta aos bons dias.

“Vai ser a primeira vez que dirijo um Formula 1 sem o motor Ferrari, o que vai ser uma nova experiência. Preciso me acostumar com uma cor diferente, um carro diferente”, reconheceu Massa após o GP do Brasil de ontem ao TotalRace. “Mas estou muito animado com meu futuro. Dar 100% para trazer a Williams de volta à luta.”

“Vamos começar em dezembro, talvez eu vá alguns dias lá antes da festa de natal da Ferrari. Eu irei à festa de natal da Ferrari e depois começamos o ano que vem.”

Felipe ressaltou que sentirá grande falta das amizades na Ferrari. “Para ser honesto, vou sentir falta do lado humano daqui. É muito claro ver como é a minha relação com a Ferrari, quantos amigos tenho aqui. Todos puderam ver como este foi um dia muito emocional para mim como para todas as pessoas. E isso é do que vou sentir mais falta. A amizade e o relacionamento, não só na pista como na fábrica. Mas vamos nos ver no futuro, vou voltar aqui com certeza, porque tenho muitos amigos aqui.”

“Mas estou animado com o meu futuro. Quero fazer de tudo para ajudar a Williams e para me ajudar para fazermos grandes corridas no futuro”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias