Massa diz que pontos deram confiança: "Mostrei que sei guiar"

Chegada a sete segundos de Alonso é bom indício para piloto brasileiro: "Serviu para eu ficar forte psicologicamente"

Massa conquistou os primeiros pontos do ano no Bahrein

O GP do Bahrein não marcou apenas a conquista dos primeiros pontos para Felipe Massa. Chegando a sete segundos do companheiro Fernando Alonso, o brasileiro saiu de sua Ferrari com a sensação de dever cumprido após o nono lugar.

Há mais de um ano sem completar uma corrida à frente do piloto espanhol – a última vez foi no GP da China de 2011, Massa sente que deu o primeiro passo para diminuir a diferença dentro da equipe, que fora bastante marcante nas primeiras etapas.

Perguntado pelo TotalRace se o resultado próximo de Alonso seria para melhorar sua autoestima, o piloto reconheceu que a performance foi muito boa nesse sentido. “A autoconfiança é sempre importante. Acho que quando muita coisa acontece e você não tem um bom resultado, não ajuda para a autoconfiança.”

O bom desempenho de Massa veio em um dos circuitos nos quais ele tem seu melhor retrospecto: conquistou duas vitórias e um segundo lugar em Sakhir. Para o brasileiro, o resultado serve como forma de se reafirmar.

“Acho que serviu para eu ficar forte psicologicamente e saber que a gente não esqueceu nada. A gente sabe fazer, sabe guiar e sabe lutar. Acho que isso é o que importa.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias