Massa é sexto após quebra de suspensão e critica zebra

Brasileiro vê Ferrari com bom ritmo, mas dispara: "Em uma curva de alta, você tem que ter a zebra certa, não uma montanha de concreto”

Massa acredita que a Ferrari terá bom ritmo de corrida

Felipe Massa criticou a configuração da zebra da curva oito, que provocou a quebra de sua suspensão dianteira direita na última tentativa de volta rápida na classificação para o GP da Índia. O brasileiro chegou a bater de leve no muro de proteção e largará em sexto amanhã.

“Tentei fazer a curva de maneira agressiva, era alta velocidade. Já tinha encostado na zebra algumas vezes ali – não só eu, como vários carros – e dessa vez acabou quebrando a suspensão.”

Massa revelou que levou um susto com a quebra repentina e acredita que poderia estar melhor posicionado no grid. Ele havia feito sua melhor primeira parcial do treino quando escapou.

“De repente, fiquei com a suspensão levantada. Encostei um pouquinho na zebra, acabei tendo um tranco e a suspensão quebrou. Tomei um susto, mas foi bom que tinha uma área de escape grande e acabei só encostando nos pneus. Foi uma pena, pois poderia ter melhorado minha volta. Tenho certeza de que isso me fez perder algumas posições na largada.”

O piloto da Ferrari acredita que a zebra poderia estar configurada de maneira melhor.

“Acho que aquela zebra não é muito bem feita, porque é baixa e tem aquele pedaço laranja, que parece de concreto, do lado da zebra, que é um pouco alta demais. Quando você encosta um pouquinho lá, o tranco é forte o carro acaba não aguentando. Em uma curva de alta, você tem que ter a zebra certa, não uma montanha de concreto.”

“É lógico que a Red Bull estava andando em um ritmo tranquilo ontem e agora estão andando certo, como eu disse. Mas nosso carro era competitivo e poderíamos estar largando com os dois carros entre os quatro primeiros.”

Mesmo com a decepção no treino, Massa acredita que pode ter um bom desempenho na corrida, ainda que o brasileiro tenha perdido um jogo de pneus macios devido à batida.

“Podemos lutar amanhã por uma corrida melhor porque estamos competitivos. Vamos ver no meu caso, porque com a batida perdi um jogo de pneus macios. Vamos ver como será a estratégia certa para amanhã.”

A expectativa geral é de que a maioria fará apenas duas paradas, o que elimina a desvantagem de Massa, pois teoricamente serão usados dois jogos de pneus macios e um de duro – e cada piloto tem três jogos à disposição.

“A gente viu a Red Bull e a McLaren virando um pouco mais rápido com o pneu duro, mas não estávamos tão longe. Vamos ver se eu vou ter que mudar a estratégia mas, mesmo o pneu macio, pode durar bastante.”

Massa falou ainda sobre a sujeira na pista e como isso pode afetar a corrida de amanhã.

“Acho que será uma corrida em que haverá erros, porque a pista está muito suja e, quando você sai um pouquinho da trajetória, é fácil sair da pista. Mas temos dois pontos para usar a asa e acho que vai ser uma corrida interessante, vai ter ultrapassagem.”

(colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta, da Índia)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias