Massa lamenta mau treino: “não consegui tirar o melhor na adversidade"

Contando com punição de Pérez, brasileiro largará em 13º. Erro no início do Q2 e aumento da chuva custaram ida ao Q3

Massa largará na sétima fila

Felipe Massa não tem motivos para comemorar seu resultado neste sábado em Hockenheim, na Alemanha. O piloto da Ferrari, que largará em 13º, se desapontou após cometer um erro crucial na curva nove durante sua primeira volta rápida no Q2, que comprometeu seu tempo enquanto a chuva aumentava.

"Eu sai com pneu certo. Estava chovendo, mas a pista estava piorando a cada volta. A primeira era a melhor para entrar, e acabei errando justamente ela. Passei um pouco reto na curva nove, se eu não me engano. E perdi muito tempo ali. O Alonso, que estava atrás de mim, aproveitou para me passar e me fez perder mais tempo ainda”, contou Felipe em entrevista ao TotalRace. "Foi um treino complicado e acabei não tirando o melhor nessa situação"
 
Massa ainda explicou o porquê de a volta ruim ter o prejudicado na classificação. “Acabei não entrando, porque depois era difícil melhorar nas voltas seguintes. Foi uma pena, poderiamos largar com os dois carros na frente, mas na chuva, se você não fizer tudo perfeito na hora certa, pode acontecer isso. É uma pena.”
 
Para a corrida de amanhã, Felipe espera aproveitar o bom ritmo do carro para ganhar posições. "O carro está competitivo, isso contou muito pra pole do Fernando e é o mais importante para pensar em fazer uma boa corrida. Claro que não é bom largar na posição em que estou largando, mas, principalmente se a corrida for no molhado, é possível ganhar posições", explicou o piloto da Ferrari.
 
Um obstáculo que Massa pode enfrentar amanhã é a falta de velocidade que o carro deste ano demonstra nas retas. Em Silverstone, Alonso chegou a ser ultrapassado mesmo com a DRS aberta e pra Hockenheim, o time não fez nenhuma grande alteração nessa área. "Não há nenhuma mudança nesse sentido comparado com a última corrida, mas é possível ultrapassar sim. Tanto que em Silverstone ultrapassei o Schumacher. Não somos o carro mais rápido em retas, mas é possível", garantiu o brasileiro, lembrando que a estratégia de pneus também pode influenciar o resultado da corrida. "Será como em Silverstone, onde alguns largaram com pneu duro, outros com macio. E também tem a questão da chuva. Se chover e depois parar, alguns podem tentar ir até o final e outros não, já que a pista seca muito rápido", acredita Felipe.
 
 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias