Massa lamenta: “saindo mais à frente, pódio estaria no bolso”

Largando do 15º lugar no grid, piloto brasileiro consegue boa recuperação até o quarto posto ao final do GP da Rússia

Ele sabia que teria uma corrida difícil, mas conseguiu tirar o melhor proveito dela ao fim das 53 voltas. Felipe Massa se confessou feliz após o GP da Rússia deste domingo (11). Ele fez uma corrida de recuperação se aproveitando de problemas à frente e cruzou a linha de chegada em uma boa quarta colocação.

O piloto não começou a corrida bem. Ele escolheu andar com pneus macios (mais duro disponível neste final de semana) no início e não conseguiu passar muitos pilotos.

“Estava com os pneus mais duros e com muito tráfego. Tanto que meu segundo stint foi muito melhor”, justificou o sexto no campeonato, agora a dois pontos do quinto, Bottas.

“Dei o meu melhor no segundo stint. Meu mau ritmo no início foi por conta dos carros mais lentos e pelo composto que eu usava.”

“Perdi tempo com pilotos no início, como Nasr e também Kvyat. Demorei algumas voltas para passar Kvyat. Foi uma boa corrida de qualquer jeito. Consegui passar carros como Alonso e Nasr saindo dos pits, o que foi ótimo.”

Com bom ritmo na última metade da corrida, Massa lamentou a má classificação. “Meu ritmo de pneus supermacios foi incrível. Estou muito feliz com a corrida e com o ritmo. Infelizmente tivemos uma má classificação ontem.”

“Se estivéssemos largando mais à frente o pódio estaria no bolso.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Sub-evento Domingo corrida
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias