Massa larga em décimo e espera ritmo melhor na corrida

Problemas do brasileiro começaram ainda no Q1, quando foi o único dos ponteiros que teve de usar os pneus macios para passar adiante

Massa não marcou tempo no Q3

Felipe Massa não escondeu a decepção por largar em décimo lugar amanhã, depois de ter abortado sua única tentativa na última parte da classificação. O piloto brasileiro explicou que seus problemas começaram ainda no Q1.

“Eu estava fazendo minha volta, mas acabei errando. Vi que, principalmente na curva nove, eu passei um pouco do ponto. O tempo que eu deveria fazer me colocaria mais ou menos na mesma posição em que eu estava. Era melhor eu voltar para o box e consumir uma volta a menos de pneu. Tinha só um jogo porque com o pneu duro não consegui fazer o tempo que deveria. Tive que usar o mole antes do tempo e isso com certeza não me ajudou para o Q3”, afirmou ao TotalRace.

O piloto da Ferrari, no entanto, confia que seu carro tenha um ritmo mais forte amanhã.

“Corrida é sempre corrida. A gente melhorou da classificação para a corrida nas últimas etapas, então espero que consigamos um ritmo mais forte. Lógico que eu poderia estar largando mais à frente, vai ser muito difícil para mim, mas vamos tentar fazer um bom resultado em cima disso.”

De acordo com o ferrarista, pelo menos para seu carro, o pneu macio continua sendo o preferido para a corrida.

“O mole é sempre mais rápido. Às vezes, acaba um pouco antes, mas a maior parte da corrida a gente tem que usar o mole.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Istambul)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias