Massa pressiona Pirelli por pneus macios em Silverstone

Brasileiro acredita que, caso sejam levados os compostos mais duros, o domínio da Red Bull será maior

A Ferrari sofreu com os compostos médios em Valência

Felipe Massa credita muito à escolha dos compostos de pneus que a Pirelli vai levar a Silverstone a chance de a Ferrari continuar o bom desempenho que vem mostrando nas últimas provas. Não coincidentemente, desde que o pneu duro saiu de cena, o time italiano vem acompanhando o ritmo de McLaren e Red Bull em corrida.

“Acho que a gente tem de pensar muito bem no pneu. A escolha é fundamental para se ter uma ideia de como vai ser a prova em Silverstone. Sei que a Pirelli está tentando levar médio e duro e, se isso se confirmar, teremos problemas.”

Para o piloto da Ferrari, a opção pelos compostos mais duros favoreceria a Red Bull. De acordo com a Pirelli, a decisão deve sair amanhã.

“Acredito que o caminho certo, não só pensando na nossa equipe, mas pensando em todos, é macio e duro – talvez macio e medio, mas o duro provavelmente seria melhor para Silverstone. O pior possível seria médio e duro. Se levarem esses dois, a diferença do melhor carro para todos os outros aumenta. Já vimos isso em Barcelona, quando apenas duas equipes conseguiam usar o duro.”

O brasileiro deu o exemplo do que aconteceu com o próprio pneu médio em Valência.

“Na classificação, a diferença das Red Bull do pneu médio para o macio foi de 2s. Nas McLaren, 1s8 para um e 1s9 para outro. No nosso carro, melhoramos 2s5 – até 2s6 no meu caso. Não era fácil pensar que colocaríamos o médio na corrida junto aos outros e viraríamos no mesmo tempo. Ao tomar meio segundo por volta no pneu médio, se a gente olhar 15 voltas, teremos uma diferença enorme. No final, acabou funcionando um pouco melhor.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias