Massa reclama de manobra de Magnussen em Sepang: "Comprometeu minha corrida"

Segundo brasileiro, corrida na Malásia teria sido completamente diferente se dinamarquês não o fechasse

Felipe Massa não escondeu que achou desagradável o aviso dado pelo rádio da Williams na Malásia, quando os engenheiro alertaram que seu companheiro Valtteri Bottas estava mais rápido. Polêmica interna à parte, o brasileiro acredita que poderia ter ido além do sétimo lugar, caso Kevin Magnussen não o espremesse na largada.

“Minha corrida teria sido completamente diferente, caso eu tivesse ficado na frente da McLaren no começo da corrida, como eu estava. Mas o Magnussen jogou o carro em cima de mim, para fora da linha na curva cinco e perdi a posição para o Button. Se isso não tivesse acontecido, ia brigar bem mais na frente”, disse Massa.


Na visão de Massa, ultrapassar Button era muito difícil, pelo fato do carro do inglês ter mais tração na parte final do circuito. “A McLaren tinha uma tração bem maior nas duas últimas curvas, que era onde a gente precisava para passá-los”, explicou o brasileiro que fez questão de encerrar a polêmica com Bottas e com a Williams.

“Marcamos pontos com os dois carros na Malásia, então acho que foi positivo. No final, não há nada a discutir. O que a gente tem que pensar agora é na próxima corrida”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Felipe Massa , Kevin Magnussen
Tipo de artigo Últimas notícias