Massa renasceu mesmo na Williams? Veja números

Em um ano na equipe britânica Massa superou em performance suas últimas três temporadas pela Scuderia Ferrari

A renovação de Felipe Massa na Williams para 2016, ocorrida nesta quinta-feira (3), era iminente. O time, feliz com o trabalho de Massa e o considerando um dos principais responsáveis pelo seu renascimento na F1, tinha por contrato a opção de ficar um ano mais com o brasileiro, que por sua vez não tinha motivos para mudar de ares dentro da Fórmula 1.

A manutenção do acordo parecia apenas ser questão de tempo. Mas, será que a performance de Massa melhorou na Williams na comparação com seus últimos anos de Ferrari? Vamos aos números.

Desde que sofreu seu acidente no GP da Hungria de 2009, Massa vinha tendo dificuldades de voltar a se firmar como candidato a título mundial. O ano de 2010 começou bem, com o piloto chegando a liderar a temporada após três corridas. Mas, depois de azares e do famoso episódio “Fernando is faster than you”, sua performance acabou caindo no restante da temporada.

A temporada de 2011 foi ainda pior, com o piloto se tornando o primeiro piloto oficial da Ferrari desde Ivan Capelli em 1992 a não conseguir nenhum pódio durante a temporada. Com início complicado, 2012 parecia ser seu último ano na equipe. Mas após um segundo lugar do GP do Japão – quase dois anos depois de seu último pódio (Coreia do Sul, 2010) – renovou para 2013 com a Ferrari.

Depois de apenas um top-3 em 2013, o piloto foi para a Williams, onde conquistou até agora quatro pódios, uma pole position e uma volta mais rápida.

Confira os números:

  Equipe Corridas Poles Pódios Voltas mais rápidas
2010 Ferrari 19 0 5 0
2011 Ferrari 19 0 0 2
2012 Ferrari 20 0 2 0
2013 Ferrari 19 0 1 0
2014 Williams 19 1 3 1
2015 Williams 11 0 1 0

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Conteúdo especial