Massa, sobre renovação: "Ainda temos tempo pela frente"

Brasileiro se diz confortável na equipe, ressalta o trabalho para evitar erros de Istambul e vê próximas corridas como decisivas

Massa foi elogiado por Alonso, mas comedido nas declarações

A renovação do contrato de Fernando Alonso com a Ferrari para o ano de 2016 acabou sendo o principal assunto da conversa de Felipe Massa com a imprensa especializada nesta quinta-feira, véspera do início das atividades para o GP da Espanha de F-1.

Com acordo válido até o fim do próximo ano, Massa se disse despreocupado com sua renovação ou não junto ao time de Maranello. "Ainda não falamos sobre renovação, o que é bem normal, levando o tempo que temos pela frente", afirma. 
 
O brasileiro reitera também que nada mudou dentro da equipe desde a chegada do espanhol. "Continua tudo igual. Cresci muito aqui dentro, as pessoas me respeitam pelo que falo, entendo o que sou dentro da parte profissional. Nada mudou."
 
Os erros cometidos pelo time com o piloto nos pit stops em Istambul também entraram em pauta. "Fizemos um trabalho intenso para não acontecer o que aconteceu na corrida passada. É o que me interessa; o que falam não me interessa. Se tem alguém que falha, esse é penalizado no seu lado. Tem de ter a perfeição, senão você perde a vitória."
 
Por fim, Massa admite que a situação da Ferrari no campeonato ficará bem complicada caso Vettel e a Red Bull ganhem novamente. "Se olharmos que as próximas duas corridas são seguidas uma da outra, e a Red Bull vencer ambas, não será novidade nenhuma dizer que a situação ficará complicada."
 
Confira esses e outros assuntos da entrevista resumidos em tópicos logo abaixo:
 
Renovação de Alonso e a dele com a Ferrari
"Ainda temos tempo pela frente e não é o momento de ter certeza. A Ferrari é a equipe mais desejada da F-1 e não tenho do que me lamentar. Tenho orgulho de correr pela Ferrari e seis temporadas no time é um número importante. Continuar será bacana, pois aqui tudo muda muito rápido. Busco, de uma maneira, sempre trabalhar onde a gente é feliz e contente e se continuar assim não tem motivos para mudar. Ainda não falamos sobre renovação, o que é bem normal, levando o tempo que temos pela frente."
 
Sensação de conforto no time
"Continua igual. Cresci muito aqui dentro, as pessoas me respeitam pelo que falo, entendo o que sou dentro da parte profissional. Nada mudou."
 
Erros em Istambul
"Fizemos um trabalho intenso para não acontecer o que aconteceu na corrida passada. É o que me interessa; o que falam não me interessa. Por exemplo, a cada ano querem me tirar da equipe. Se der bola para tudo o que falam, não consigo pensar. Me interessa que tenho meu caminho e meu jeito de trabalhar aonde estou. Depois de uma corrida na qual acontece algo que não deveria, do meu lado ou da equipe, vamos trabalhar para que isso não aconteça mais."
 
Soluções para o trabalho errado
"Não é só o piloto que trabalha. Os engenheiros do Alonso e meus trabalham juntos no pit stop. Meu mecânico principal atua em uma roda, o de Alonso na outra, e assim tudo é dividido. Se tem alguém que falha, esse é penalizado no seu lado. Tem de ter a perfeição, senão você perde a vitória. É preciso um trabalho muito intenso em todas as áreas."
 
Fase essencial para o campeonato
"Nesse meio tudo muda muito rápido; as pessoas não imaginam o quanto muda. Por outro lado, se olharmos que as próximas duas corridas são seguidas uma da outro, e a Red Bull vencer ambas, não será novidade nenhuma dizer que a situação ficará complicada."
 
Mudanças da regra no meio do campeonato
"Vimos muitas regras mudarem no meio do campeonato, pois a tecnologia é muito alta. Se mudar a regra, é por conta de que a direção estava indo para o lado de alguém. Se mudarem, mudou, devem ter algum motivo e não acredito que isso seja um problema."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias