Massa teme por futuro brasileiro em médio prazo na F-1

Piloto, que é um dos idealizadores da Fórmula Futuro, única categoria-escola de monopostos do país, reclama da falta de incentivo

Massa durante etapa do Racing Festival

Idealizador do Racing Festival, evento que reúne categorias de motos, carros de fórmula e de turismo, Felipe Massa revela que a vida para quem investe no automobilismo não é fácil. O piloto da Ferrari criticou a postura de alguns setores da mídia, que escondem os nomes dos patrocinadores. Segundo Massa, sem apoio, é impossível se manter.

“É uma coisa que a gente vê que não acontece na Europa. Lá, a categoria tem o nome da empresa. Eu quero ajudar o nosso automobilismo e estou fazendo o máximo. Vai chegar uma hora em que, se eu não tiver o apoio, vai acabar. E a gente não tem mais categoria de fórmula no Brasil, é a única.”

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o piloto da Ferrari elogiou o trabalho da Fiat no projeto.

“Para ajudar, você precisa dos patrocinadores. A Fiat está fazendo um trabalho incrível. O carro que eles põem para os meninos correr – e para o Troféu Línea – é muito bem feito. Então a gente tem de usar o nome. Só que a nossa mídia é um pouco contra. Na Europa, a gente vê a mídia usando o nome. Todos têm de perceber que é preciso ajudar.”

Massa afirmou que o investimento no Racing Festival é uma crença pessoal.

“Eu investi nisso do meu bolso porque eu acredito no automobilismo e nos nossos pilotos. Mas vai chegar uma hora em que, se o negócio não for para frente, não tem jeito. E essa é a preocupação.”

O brasileiro alerta para uma possível escassez de compatriotas no grid da F-1 em um futuro próximo.

“Preocupo-me muito com nosso futuro na F-1. Confio muito nos nossos pilotos e acho que tem gente boa chegando, que pode representar o Brasil na F-1, mas existe uma chance grande de não ter olhando a situação do nosso automobilismo.”

Para Massa, o problema é o direcionamento do automobilismo hoje no país.

“Tudo andou só para o lado do turismo. Hoje, você cansa de ver piloto saindo do kart e indo direto correr de carro. Isso é errado. Esse piloto não vai chegar na F-1 nunca.”

“Acho que a gente nunca pode esquecer o kart, porque é de onde saem os pilotos. Ano passado demos um prêmio para os vencedores do brasileiro de kart. Demos 70% de desconto para o campeão correr nosso campeonato, que já é muito barato se comparado com o mundo inteiro. A gente está trabalhando para aumentar o grid, mas falta um pouco do kart e dos pilotos porque nosso automobilismo deu uma caída.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias