McLaren anuncia contratação de Sam Michael como diretor esportivo

Australiano teve saída da Williams anunciada em maio e vai começar a trabalhar com o time de Woking em 2012

Sam Michael atuou na Williams por dez anos

O destino de Sam Michael está definido. Após sua saída da equipe Williams ter sido anunciada em maio, onde ele atuava como diretor técnico, o australiano acertou com a McLaren para a temporada de 2012, onde ocupará o posto de diretor esportivo.

“Estou muito animado. Como alguém que sempre foi imbuído do espírito das corridas, sei que a McLaren é uma das maiores equipes da história da Fórmula 1. Conheço e respeito muitas pessoas que trabalham no comando da equipe técnica deles e se tornar um membro dessa organização foi uma das maiores atrações para esse posto. E será também um privilégio trabalhar com Lewis e Jenson, pilotos que considero do mais alto nível”, disse Michael no comunicado oficial do time de Woking.

O chefe da equipe, Martin Whitmarsh, celebrou a união: “Ele trará muita experiência para nossa equipe do pitwall e vai enriquecer a administração dos dados técnicos que fornecemos aos nossos pilotos. Com sua chegada, acredito que nossa equipe técnica se torna a mais forte da Fórmula 1”.

Do seu antigo time, Michael recebeu votos de sucesso no futuro. “Fico feliz que Sam encontrou um novo papel que o permita continuar aplicando sua energia, paixão e experiência na Fórmula 1”, afirmou Frank Williams.

O chefe do time reafirmou também sua confiança na nova equipe técnica liderada por Mike Coughlan e Jason Somerville. E confirmou a chegada de Mark Gillan como engenheiro chefe de operações a partir da próxima segunda-feira.

Sam Michael trabalhará no GP de Cingapura pela última vez com a Williams. Seu contrato com a McLaren entra em vigor a partir de 2012.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias