McLaren, com Button à frente, domina primeiros treinos

Sebastian Vettel mostra sinais de dominação ao fazer a 130R facilmente com a asa aberta, mas bate no final

Button foi o melhor na primeira sessão de treinos para o GP do Japão

A primeira sessão de treinos livres para o GP do Japão contou com duas cenas pouco comuns: Sebastian Vettel não apenas terminou atrás das McLaren, quanto teve um leve encontro com o muro após um erro em sua última volta lançada. O alemão se irritou com os comissários, aparentemente por terem deixado aparente o assoalho de seu Red Bull.

O treino foi dominado por Jenson Button, com Lewis Hamilton logo atrás. Vettel foi terceiro, Fernando Alonso quarto e Mark Webber, quinto. Entre os brasileiros, Felipe Massa foi sétimo, Bruno Senna 11º e Rubens Barrichello, 17º.

O sol serviu para aumentar a temperatura de pista, que ficou por volta dos 31ºC mesmo com 22ºC ambiente.

A Ferrari usou a sessão para fazer testes aerodinâmicos em peças que estão sendo desenvolvidas para o ano que vem, incluindo uma nova asa dianteira. Na a Renault testou novamente sua carenagem mais estreita, desta vez no carro de Bruno Senna.

As equipes demoraram a marcar tempos na sessão, aparecendo só após a primeira meia hora. O primeiro dos ponteiros a marcar tempo foi Mark Webber, mas esse não era o indício de um treino dominado pela Red Bull. Primeiramente Fernando Alonso e depois a dupla da McLaren, com Jenson Button à frente, se dividiam nas primeiras posições.

Pastor Maldonado primeiro saiu da pista, de acordo com a Williams, como consequência disso,  logo depois estacionou seu carro, perdendo tempo valioso em uma pista a qual não conhece. Mesmo com o companheiro de fora, Rubens Barrichello não andou muito e as Williams permaneceram nas últimas posições se não considerarmos as três nanicas.

Já Bruno Senna deu várias voltas no circuito japonês, demorou um pouco, mas conseguiu andar no ritmo de Vitaly Petrov, beirando o top 10. Quem surpreendeu foram as duas Toro Rosso dentro dos dez melhores.

Nos últimos minutos, o único que melhorou foi Vettel, mas sem conseguir abalar os ingleses de Working.

As diferenças foram marcantes: desde a vantagem de sete décimos da dupla da McLaren para o restante, assim como mais de um segundo e meio entre Webber e a primeira Mercedes, de Schumacher.

Outro ponto a ser observado foi a facilidade com que Sebastian Vettel fez a desafiadora 130R com a asa traseira aberta logo na primeira sessão.

A segunda sessão de treinos livres será realizada às 2h da madrugada pelo horário de Brasília.

Confira os tempos:


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Tipo de artigo Últimas notícias