McLaren desconsidera alterar foco de trabalho para 2016

Time de Woking alega que fazer o carro de 2015 ser competitivo ajudará bastante equipe em desenvolvimento.

Com apenas quatro pontos nesta temporada, fruto de um magro oitavo lugar de Jenson Button em Mônaco, a McLaren não tem tido um ano dos mais fáceis. A nova parceria com a Honda deixou por vezes os carros de Woking na mão. Na última prova, Alonso e Button foram obrigados a largar com punições que ultrapassavam as 20 posições do grid.

Porém, o time não considera mudar seu foco para a próxima temporada, segundo chefe operacional Jonathan Neale.

"É muito cedo para considerar a mudança de foco para o próximo ano, porque as regras são evolutivas", disse ele.

"Estaremos no mesmo caminho, portanto vamos dar o máximo até a última corrida, aí pensaremos em 2016. Elementos como os dutos da asa dianteira, asa traseira, assoalho e freio são uma grande parte do que temos de evoluir em termos de conceito.”

"Então, com isso em mente, continuaremos insistindo neste ano."

Em meio a planos de uma reforma revolucionária dos regulamentos em 2017, Neale diz que a McLaren irá garantir que terá recursos para o programa do novo carro a tempo.

"As regras serão evolutivas até chegarmos a 2017", acrescentou Neale.

"Embora nós não saibamos o que dirão os regulamentos, vamos ter uma mudança e temos de nos preparar bem para isso. Com a mudança apenas evolutiva é muito mais barato, e você só leva conceitos para a frente.”

"Mas com uma mudança de patamar no motor ou chassi, temos de trabalhar duro e ir fundo em desenvolvimento. Então nós só precisamos de tempo para conseguirmos isso direito."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias