McLaren desmente rumores sobre saída de Whitmarsh

Imprensa inglesa aponta para possível saída de dirigente por conta dos desempenhos recentes; time quer membro a longo prazo

Martin Whitmarsh

Em uma conferência por telefone realizada nesta quarta-feira, a McLaren desmentiu os rumores que apontavam para uma possível saída de Martin Whitmarsh do comando do time.

Segundo boatos na Inglaterra, Whitmarsh perderia o cargo de chefe de equipe caso o carro da McLaren não melhorasse no espaço de um mês. No entanto, Jonathan Neale, diretor administrativo, refutou a ideia.
 
"Martin vem fazendo um trabalho fantástico para a McLaren, e provou ser um vencedor de corridas e campeonatos. Em termos de sucessão, não é algo que vamos publicar ou precisamos estar prontos em caso de uma saída súbita. Queremos Martin, Lewis [Hamilton] e Jenson [Button] por um bom tempo", destaca Neale.
 
"Acho que a especulação faz parte do circo da imprensa e da expectativa; claro, se você não consegue entregar o resultado em sua corrida caseira, é o caso de esperar um retorno disso", explica o dirigente.
 
"Apenas olhamos para isso internamente, rimos e continuamos", completa Neale, destacando que o trabalho de Whitmarsh como presidente da FOTA (Associação das Equipes) não incomoda: "Não existem preocupações da minha parte."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias