McLaren diz que quebra foi superada e quer lutar pelo vice

Equipe está a 22 pontos da Ferrari, com 43 ainda em jogo, e garante que não vai parar de desenvolver o carro

A McLaren pode ter tido um final de semana para esquecer em Abu Dhabi, com a quebra no carro de Lewis Hamilton quando o inglês liderava a prova e o desempenho apagado de Jenson Button. Mas o diretor administrativo da equipe, Jonathan Neale, garante que os problemas ficaram para trás e que a equipe ainda não parou de desenvolver o MP4-27, em busca do vice-campeonato de construtores.

“A quebra que tivemos em Abu Dhabi foi muito dolorosa”, admitiu Neale. “Dito isso, acabamos de fazer 1.500km sem problemas com o mesmo carro no teste da semana passada.”

Com duas corridas e 43 pontos em jogo, a McLaren tenta ultrapassar a Ferrari, segunda colocada na tabela, 22 pontos à frente. Os líderes da Red Bull já não podem mais ser alcançados pela equipe de Woking e a Lotus, quarta colocada, tem 30 de desvantagem.

“Sabemos da situação do campeonato de construtores, mas ainda estamos levando melhoras para este GP. Não estamos sendo cuidadosos demais, mas seremos muito diligentes”, garantiu Neale.

A McLaren é a última vencedora do GP dos Estados Unidos, após a dobradinha com Lewis Hamilton e Fernando Alonso em 2007 e Neale se mostra animado para voltar ao país, ainda mais em um circuito que vem despertando muita expectativa entre os profissionais da F-1.

“Sempre é bom ir a um novo circuito, mas este em particular parece muito bem pensado. Vi as simulações e definitivamente as mudanças de altura no circuito e a maneira como algumas das curvas foram pensadas, com tomadas cegas, será algo muito emocionante.”

Mesmo com o traçado novo, o diretor não acredita que veremos surpresas nos Estados Unidos. “Espero os suspeitos de sempre na frente. Claramente é um campeonato muito brigado, tanto no meio do pelotão, quanto na parte de trás do grid ou lutando pelas posições mais importantes. Mas espero – e desejamos – ir muito bem e vencer a corrida.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Tipo de artigo Últimas notícias