"Melhoramos, mas ainda quero mais", diz Ricciardo após 13º lugar

Australiano conquista a melhor posição de largada para a Toro Rosso desde o GP da Alemanha de 2012, também na chuva

Daniel Ricciardo pode ter conquistado uma importante 13ª colocação – melhor posição da Toro Rosso desde outra classificação disputada sob chuva, no GP da Alemanha de 2012 – mas acredita que poderia ter feito mais na Malásia. Para a corrida, o australiano almeja pontuar pela primeira vez no ano.

“Antes da classificação, se me dissessem que terminaria em 13º, não acreditaria. É um resultado decente e não estivemos tão à frente na tabela de tempos durante todo o final de semana. Porém, mesmo no Q1, ficamos a um centésimo do top 10 e, com a chuva, poderíamos ter tido um resultado melhor. Melhoramos, mas ainda quero mais. Quero chegar no top 10 e levar pontos para casa.”

Com o resultado, Ricciardo superou o companheiro Jean-Eric Vergne, que larga apenas em 17º. “Não sei o quão melhor poderia ter ido, mas nunca é bom estar fora no final do Q1. Foi atrapalhado por outro carro no último setor e perdi quatro ou cinco décimos que me custaram a chance de chegar ao Q2. O lado positivo é que economizamos pneus para a corrida, o que pode ser importante. Em relação a meu companheiro, o importante a superá-lo amanhã.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias