Mercedes bota dois carros no Q3 e Schumi quer bi de Vettel

"Manterei os dedos cruzados para Sebastian conquistar seu segundo título aqui", diz alemão, que poupou pneus no Q3, ao contrário de Rosberg

Michael Schumacher em Cingapura
A Mercedes conseguiu cumprir o objetivo de passar ao Q3, bateu a Renault e largará da quarta fila com seus dois carros no GP de Cingapura de Fórmula 1.
 
Nico Rosberg e Michael Schumacher foram sétimo e oitavo colocados, respectivamente, e só ficaram atrás das três equipes grandes, Red Bull, Ferrari e McLaren. Rosberg destacou a proximidade de Massa, enquanto Schumacher optou por poupar um jogo de pneus para a corrida.
 
"Tive uma boa volta rápida no Q3 e fomos capazes de extrair o máximo do carro, hoje, então estou satisfeito. O sétimo lugar foi o máximo que pudemos conquistar, apesar de Massa ter ficado bem próximo, mas valeu a pena. Estar do lado limpo da pista me deixa em uma boa posição", destaca Nico.
 
"Foi uma classificação de tática, pois optamos por não andar no Q3 para poupar pneus na corrida. Em teoria, deve valer na corrida, então foi um risco calculado. Tudo pode acontecer e quero aproveitar qualquer oportunidade em Cingapura", destaca.
 
Schumacher, contudo, deixou escapar uma torcida especial: "Manterei os dedos cruzados para Sebastian conquistar seu segundo título aqui."
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias