Mercedes dominam quinta-feira em Mônaco, com Ferrari logo atrás

Rosberg foi mais rápido que Hamilton em ambas as sessões, Alonso foi o terceiro, menos de um décimo melhor que Massa

Nico Rosberg e Lewis Hamilton confirmaram o favoritismo e dominaram a quinta-feira de treinos livres para o GP de Mônaco. Tanto na primeira, quanto na segunda sessão, o alemão foi o mais rápido, seguido pelo companheiro. Fernando Alonso e Felipe Massa ficaram com o terceiro e quarto lugares.

O líder do campeonato, Sebastian Vettel, ficou em nono, seis décimos mais lento que o companheiro Mark Webber, enquanto o vice-líder, Kimi Raikkonen, terminou em sexto.

Os Mercedes foram os mais rápidos com ambos os tipos de pneu. Na primeira parte do treino, todos dedicaram-se à compreensão dos macios e Nico Rosberg manteve a tendência do primeiro treino e foi mais rápido que Lewis Hamilton. Quem apareceu bem foi Romain Grosjean, com as Ferrari logo atrás.

Com cerca de uma hora para o final, porém, Grosjean perdeu a freada na Saint Devote e acabou com seu treino. No momento, ele era o quinto colocado. Via rádio, a equipe afirmou que sua volta de saída dos boxes havia sido muito rápida, ao que ele respondeu. “Nada disso, meus pneus estavam muito frios!”. Minutos depois, foi dada uma bandeira vermelha para o reparo de uma zebrz, em outro ponto do circuito.

Pilotos como Alonso tiveram dificuldades comuns a Mônaco para testar o potencial de sua Ferrari com supermacios: a bandeira amarela causada pela batida de Grosjean e o tráfego de Hulkenberg, que quase fez o espanhol estampar sua Ferrari no guard rail da Rascasse. Mesmo com pneus desgastados, o piloto conseguiu melhorar ligeiramente sua primeira marca com os supermacios, mantendo-se em terceiro. Massa também enfrentou muito tráfego e não fez seu melhor tempo na primeira volta do pneu.

Com ou sem tráfego, após as simulações de classificação, com os supermacios, Rosberg manteve a ponta, três décimos mais rápido que Hamilton. Alonso ficou em terceiro, menos de um décimo melhor que Massa. Webber e Raikkonen vinham logo atrás.

Depois, os pilotos começaram a fazer as simulações de corrida, tanto com os pneus macios, quanto com os supermacios. Com todos andando quase cinco segundos mais lentos do que com tanque vazio, foi quando a Red Bull mostrou sua força, fazendo bons tempos, assim como a única Lotus do treino, de Raikkonen. As Ferrari também vieram bem e as Mercedes pareceram determinadas a melhorar seu ritmo, sendo os dois carros que mais andaram no treino, com quase 50 voltas para cada.

A Fórmula 1 não terá atividades de pista nesta sexta-feira. Os carros só voltam às ruas de Monte Carlo a partir das 6h da manhã de sábado para a terceira sessão de treinos livres.

Confira os tempos desta segunda sessão:

1. Nico Rosberg ALE (Mercedes-Mercedes) 1:14.759s
2. Lewis Hamilton ING (Mercedes-Mercedes) 1:15.077s
3. Fernando Alonso ESP (Ferrari-Ferrari) 1:15.196s
4. Felipe Massa BRA (Ferrari-Ferrari) 1:15.278s
5. Mark Webber AUS (Red Bull-Renault) 1:15.404s
6. Kimi Raikkonen FIN (Lotus-Renault) 1:15.511s
7. Romain Grosjean FIN (Lotus-Renault) 1:15.718s
8. Jenson Button ING (McLaren-Mercedes) 1:15.959s
9. Sebastian Vettel ALE (Red Bull-Renault) 1:16.014s
10. Paul di Resta ING (Force India-Mercedes) 1:16.046s
11. Adrian Sutil ALE (Force India-Mercedes) 1:16.349s
12. Sergio Perez MEX (McLaren-Mercedes) 1:16.434s
13. Nico Hulkenberg ALE (Sauber-Ferrari) 1:16.823s
14. Pastor Maldonado VEN (Williams-Renault) 1:16.857s
15. Esteban Gutierrez MEX (Sauber-Ferrari) 1:16.935s
16. Daniel Ricciardo AUS (Toro Rosso-Ferrari) 1:17.145s
17. Jean-Eric Vergne FRA (Toro Rosso-Ferrari) 1:17.184s
18. Valtteri Bottas FIN (Williams-Renault) 1:17.264s
19. Jules Bianchi FRA (Marussia-Cosworth) 1:17.892s
20. Charles Pic FRA (Caterham-Renault) 1:18.212s
21. Max Chilton ING (Marussia-Cosworth) 1:18.784s
22. Giedo van der Garde HOL (Caterham-Renault) 1:19.031s

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Tipo de artigo Últimas notícias