Mercedes exalta Schumacher, que não confirma futuro

Piloto se limita a agradecer a equipe que defendeu nos últimos três anos. Brawn e Haug destacam trabalho do alemão

Com a chegada de Lewis Hamilton na Mercedes, o futuro de Michael Schumacher é incerto. O piloto alemão não anunciou sua segunda aposentadoria e se limitou a agradecer o apoio e comprometimento da equipe nestas três temporadas juntos.

Piloto mais vencedor da história, com sete títulos e 91 vitórias, Schumacher voltou à F-1 em 2010 e, de lá para cá, conquistou uma pole – mas não largou em primeiro devido a uma punição que carregava da prova anterior – e um pódio, ambos nesta temporada. “Tive três bons anos com a equipe que, infelizmente, não foram tão bons quanto todos nós queríamos do lado esportivo. Desejo tudo de bom a Lewis e que a equipe tenha o sucesso pelo qual trabalhamos duro. Gostaria de agradecer a equipe por sua confiança e todo o pessoal pelo comprometimento incondicional. Agora vou me concentrar nas próximas corridas.”

Comenta-se que Schumacher possa continuar na Mercedes, como uma espécie de consultor, papel que também ocupou na Ferrari após sua primeira aposentadoria, em 2006.

O chefe da Mercedes, Ross Brawn, agradeceu os serviços prestados pelo piloto. “Gostaria  de agradecer Michael Schumacher pela contricuição importante para o crescimento de nossa equipe nas últimas três temporadas. Sua energia e comprometimento nunca se esgotaram, mesmo quando os resultados não corresponderam às expectativas, e estamos determinados a terminar a temporada 2012 juntos. Como sempre, foi um prazer trabalhar com Michael.”

O chefe de automobilismo da Mercedes, Norbert Haug, salientou a experiência de Schumacher, fundamental para a reestruturação da equipe. “Claro que é necessário ser um grande piloto para substituir uma figura lendária e com tanto sucesso quanto Michael Schumacher. Nos últimos três anos, ele foi um ótimo piloto e um embaixador exemplar para a Mercedes. Sua experiência foi um fator importante para guiar o desenvolvimento da equipe em Brackley e agradecemos Michael por sua lealdade, trabalho em equipe e comprometimento. Vamos trabalhar juntos para conseguir os melhores resultados possíveis no restante da temporada 2012.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias