Mercedes faz trabalhos diferentes e bota carro entre os seis

Equipe alemã vê Schumacher acertar carro para classificação e ficar entre os seis, além de Rosberg treinar de tanque cheio visando o GP

Asa de Rosberg trisca o asfalto

Com duas funções diferentes para seus pilotos, a Mercedes marcou presença entre os seis primeiros e treinou visando a corrida deste domingo em Cingapura.

Enquanto Michael Schumacher buscava o melhor ajuste do carro para a classificação, feita com pouco combustível, Nico Rosberg andou com os tanques cheios para analisar diversas configurações para o GP. No fim, o heptacampeão foi sexto; seu companheiro de equipe, 15°.
 
"Estava escorregadio e com pouca aderência. O cenário geral é o esperado: sem muitas surpresas, talvez a maior obviedade é a enorme diferença entre os pneus. De resto, é muito cedo para dizer, pois não tem como analisar todas as sessões. Gosto de correr aqui, é uma Mônaco moderna, mais empolgante e com áreas de escape", destaca Schumacher.
 
"Conseguimos correr por diversos acertos e aprender muito sobre o carro. Estava com tanque cheio para ajudar a entender a preparação do carro para a corrida. Não foi perfeito, mas foi decente e esperamos progredir amanhã", resume Rosberg.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias