Mercedes quer deixar os problemas para trás

Com apenas dois pontos somados até agora, equipe de Schumacher e Rosberg espera se livrar dos problemas mecânicos

Rosberg foi terceiro na China em 2010

Nico Rosberg tem boas memórias da corrida do ano passado na China, quando chegou a liderar a corrida e terminou em terceiro. No entanto, sabe que o início da Mercedes em 2011, com dois abandonos e apenas o nono lugar de Michael Schumacher na Malásia no bolso não lhe permite sonhar tão alto.

“Nosso início de temporada tem sido mais difícil neste ano mas estou ansioso para tomar uma direção mais positiva neste final de semana. Gosto de pilotar nesta pista e sempre fui rápido aqui.”

O alemão destacou que os problemas com a ativação da asa traseira móvel no sábado da Malásia esconderam o potencial do carro.

“Deveríamos ter nos classificado melhor, então sabemos que há mais performance quando o sistema está operando corretamente.”

Schumacher lamenta a diferença de apenas uma semana entre uma corrida e outra.

“Sabemos que temos pouco tempo para melhorar depois da corrida da Malásia mas estamos aprendendo com cada volta que damos, então vamos para a China com a cabeça aberta e cheios de ambição de que poderemos melhorar em relação às primeiras corridas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias