Mercedes quer garantir troca de informações entre pilotos

Assim como aconteceu entre Malásia e Bahrein, time diz que acesso a dados será liberado entre Hamilton e Rosberg

Além de deixar os pilotos liberados para brigar na pista, como ocorreu no GP do Bahrein, a Mercedes promete permitir o livre fluxo de informações entre os pilotos. Isso já aconteceu entre as provas da Malásia e do Bahrein, quando Nico Rosberg estudou os dados do companheiro Lewis Hamilton e melhorou sua tocada em termos de economia de pneus e de combustível.

“A política de abertura de informações é algo que sempre continuaremos a ter”, afirmou o chefe administrativo do time, Toto Wolff. “É uma regra que ambos os lados da garagem sejam abertos e transparentes um com o outro. Mas temos de ser realistas. Eles têm de tentar achar o limite, e talvez eles vão segurar um pouco até o final da classificação, o que é absolutamente normal.”

O austríaco, contudo, garante que as informações de acerto, por exemplo, terão de ser compartilhadas. “Ambos têm de saber o que a equipe está fazendo. Estamos em uma ótima posição em que podemos estar na frente no momento e queremos manter esse espírito e filosofia.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias