Mercedes: reprimenda a Schumi e seis pontos com Rosberg

Heptacampeão foi considerado culpado por acidente com Perez, enquanto companheiro sofre com problemas na traseira do carro

Michael Schumacher em Cingapura

 

O fim de semana em Cingapura acabou não sendo dos melhores para a equipe Mercedes. O time alemão saiu da cidade-estado asiática com apenas um sétimo lugar somado por Nico Rosberg.

Michael Schumacher, por sua vez, protagonizou um forte acidente com Sergio Perez na 28ª volta e, por isso, acabou recebendo uma reprimenda da direção de prova por ter sido considerado culpado pelo toque. O heptacampeão, no entanto, classificou o episódio como um mal-entendido.
 
"Foi muito azar encerrar a corrida dessa forma e estou decepcionado. O que aconteceu foi um mal-entendido entre Perez e eu. Ele estava dentro e forçando, e não esperava isso, por isso acabei acertando-o. É um daqueles incidentes fortes fora do cockpit, mas estou totalmente OK. Foi uma pena", conta.
 
Rosberg, por sua vez, admitiu que o carro da Mercedes não rende em pistas travadas. "Poderia ter sido sexto, mas nada funcionou bem para a gente. Sofri com a traseira do carro na corrida e nosso esquema não se adapta a uma pista dessas. Tive mais problemas de desgaste que os carros atrás de mim, o que, somado à mudança de estrategia quando o safety car entrou, tornou qualquer progresso impossível ."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias