Mesmo com má fase, Button garante que fica na McLaren

Inglês admite que "não há nada certo" com a equipe britânica, mas acredita que logo time voltará a vencer

No ano em que esperava lutar pelo título e ser o líder da McLaren, Jenson Button está vivendo sua pior temporada desde o péssimo 2008 com a Honda. Com um carro equivocado, a equipe inglesa é apenas a sexta colocada no Mundial de Construtores e o britânico sequer chegou perto de um pódio até aqui.

Mas mesmo admitindo que não “há nada certo” sobre sua continuação na equipe, Button assegura que está comprometido com a equipe que defende desde 2010.

“Se esta fosse uma equipe que estava consistentemente terminando em quarto ou quinto lugar no campeonato, claro que eu olharia as opções. Nesse caso, olharia as equipes mais fortes, alguma que poderia me dar um carro vencedor”, explicou.

“Mas esta não é uma equipe que termina em quarto ou quinto no mundial. Esse é um ano ruim e, nos próximos, vamos lutar por campeonatos. Não estou olhando para os outros como alguns podem pensar.”

Com ou sem Button mudando de ares, o mercado de pilotos da Fórmula 1 promete dar uma chacoalhada com a aposentadoria de Mark Webber. Os contratos de Kimi Raikkonen e Felipe Massa também se encerram ao final desta temporada.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias