Mesmo na frente, Red Bull promete desenvolver carro até o fim

Para Christian Horner, estrutura da fábrica da equipe permite que projeto de 2014 não seja prejudicado

Mesmo com os títulos de pilotos e construtores praticamente encaminhados, a Red Bull promete desenvolver o carro atual até a última prova do ano, no Brasil. De acordo com o chefe da equipe, Christian Horner, isso não atrapalhará o projeto do ano que vem, em que uma série de mudanças pode alterar o cenário da relação de forças entre as equipes.

“Ainda há 175 pontos à disposição e as coisas podem mudar rapidamente. Nossa visão é que temos de continuar forçando e focando em cada corrida para obter o melhor resultado possível a cada GP. Vamos forçar até a bandeirada no Brasil”, garantiu o dirigente.

Horner diz que a Red Bull não precisa parar de trazer novas peças para o RB8 devido a sua estrutura. “Devido ao trabalho duro que executamos na fábrica em Milton Keynes, conseguimos nos dividir entre o trabalho de desenvolvimento deste ano e do ano que vem.”

O inglês também não quer dar os campeonatos como ganhos. Sebastian Vettel tem 53 pontos de vantagem em relação a Fernando Alonso, enquanto a equipe está 104 pontos à frente da segunda colocada, a Ferrari.

“O campeonato só é seu quando ninguém mais consegue tantos pontos quanto você. Por isso, continuaremos focando, como sempre, em uma prova por vez para tentar o máximo a cada final de semana.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias