Mesmo sem sorte, Hamilton fecha classificação em quarto

Inglês tem pneu furado, quase bate em Massa, enfrenta problemas com o combustível de seu carro e ainda garante segunda fila

Lewis Hamilton

 

Para quem teve uma sessão classificatória completamente atribulada, a quarta posição foi até lucrativa para Lewis Hamilton.
 
Os problemas do inglês começaram logo no Q2, quando, ao exagerar em uma das curvas, teve um pneu furado e inutilizado. "Passei por uma zebra e o pneu perdeu pressão imediatamente."
 
No Q3, em sua primeira tentativa, quase bateu com Felipe Massa, que também estava em sua volta lançada. "Estava tentando passar e ele bloqueando, bloqueando, bloqueando. Eventualmente, consegui passar."
 
Por fim, um problema no sistema de abastecimento do carro fez com que o combustível não entrasse devidamente, o que fez o campeão de 2008 abortar uma segunda tentativa. "Entramos nos boxes, tentamos reabastecer o carro, mas aconteceu um problema e a gasolina não entrou devidamente;"
 
"O tempo estava acabando e a equipe não conseguia colocar combustível suficiente no carro, então ficou muito tarde para saírmos novamente à pista e não deu para fazer a segunda saída", explica o piloto da McLaren.
 
"Essas coisas acontecem e a equipe fez o melhor que podia. Não estamos em uma posição ruim. Acho que poderíamos estar na primeira fila, temos mais tempo para tirar da cartola, o que é um ponto positivo para amanhã", ressalta.
 
"O ritmo está bom, me sinto bem e só podemos ir para a frente largando da quarta posição."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias