Michael não acredita que Red Bull vá dominar todas as provas

Diretor esportivo da McLaren argumenta que, como a diferença é pequena, ela pode variar de acordo com o traçado

Ainda que a Red Bull tenha vencido as últimas quatro provas, com Sebastian Vettel, sendo superior no circuito de rua de Cingapura, nas curvas de alta velocidade de Suzuka e Buddh e no travado traçado da Coreia, o diretor esportivo da McLaren, Sam Michael, acredita que a competitividade da equipe tenha a ver com a característica das pistas e não se repetirá em todas as etapas até o final do ano.

“A performance do carro pode mudar de uma pista para a outra por alguns décimos. Há dois ou três décimos em termos de classificação, e se tiver esse tipo de diferença largando na primeira fila, isso lhe dá mais chance”, explicou. “Então, se ninguém melhorar os carros, ainda existiria uma chance razoável de chegar [na Red Bull]”.

Porém, isso não dá à McLaren a chance de lutar pelo título de construtores, que pode ser fechado pela Red Bull já no próximo GP, em Abu Dhabi. Para isso, a Ferrari não pode descontar cinco pontos e a McLaren, dez. “Em termos de campeonato é bem diferente, porque eles precisam ter abandonos para os outros conseguirem o título, e as chances disso acontecer são muito pequenas”.

Michael, no entanto, não consegue prever em quais pistas nestas últimas três etapas a Red Bull pode estar mais próxima dos rivais. “Há uma diferença a cada circuito, e isso não tem a ver com o desenvolvimento do carro. Antigamente, quando você tinha um segundo de vantagem sobre outros carros, estaria confiante de que isso não aconteceria. Mas agora não há pistas favoritas, então você não sabe se estará competitivo até que chegue lá”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias