Montezemolo pressiona FIA para punir Mercedes por testes

Um dia após anúncio da data do julgamento do time alemão, italiano se diz feliz com atitude da entidade

Um dia depois da FIA ter estabelecido que o julgamento da Mercedes por ter testado com um carro de 2013 em Barcelona será dia 20 de junho, na semana que vem, a Ferrari divulgou um comunicado oficial pressionando a entidade para que puna a equipe alemã.

O regulamento proíbe testes com carros atuais durante a temporada, mas a Mercedes alega que teve a permissão da própria FIA. A sessão foi solicitada pela Pirelli, que afirma ter um contrato com a entidade para pedir a equipes que cedam carros e pessoal para seus testes. O julgamento deve determinar se são os contratos ou o regulamento esportivo que prevalecem nesta situação.

A Ferrari chegou a ser investigada pelo mesmo motivo da Mercedes, mas a FIA não levou o caso adiante pois o teste conduzido pelo time italiano havia sido feito com um carro de 2011, o que é permitido pelas regras.

“Não quero comentar, mas noto com satisfação que a Federação está seguindo bem este incidente”, afirmou o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo. “Esperamos que a Fórmula 1 mantenha seu profissionalismo e temos fé que aqueles que tentam burlar as regras sejam perseguidos e processados.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias