Montezemolo promete luta até o fim, mas ainda lamenta acidentes

Presidente da Ferrari volta a lembrar da perda de pontos na Bélgica e no Japão e elogia atuação de Alonso em Buddh

Montezemolo durante evento em Maranello

Nesta segunda-feira, em Maranello, durante um evento para os atletas italianos medalhistas na Paraolimpíada de Londres, o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, voltou a mostrar confiança no título de Alonso em 2012, embora continue lamentando as duas corridas em que o espanhol não pontuou devido à acidentes na largada (Spa e Japão).

“Foi um pena aquelas duas corridas em que não marcamos pontos devidos aos acidentes. Dois terceiros lugares ali, nos dariam 30 pontos a mais e estaríamos em situação bem diferente. Em todo o caso, devemos começar a largar de posições melhores, pois se você larga atrás, não há muito o que fazer contra as Red Bull. Em cinco voltas já estávamos 10 segundos atrás na Índia”, disse Montezemolo à Gazzetta dello Sport.

Montezemolo mais uma vez não poupou elogios a Fernando Alonso. “Alonso foi fantástico, assim como o resto do time. Ele partiu para o ataque, que é o que temos que fazer. Precisamos agora introduzir novas atualizações para Abu Dhabi e para as outras duas corridas. Isso será fundamental”, pediu o dirigente.

Com seu piloto 13 pontos atrás de Vettel, Montezemolo promete lutar até o fim. “Vamos lutar até o último metro pelo título. Todos daremos 120%, assim como Alonso fez ontem. A equipe e os pilotos estão unidos como nunca e estou muito otimista quanto à conquista do título”, afirmou.

Sobre o brasileiro Felipe Massa, Montezemolo lamentou que a equipe tenha o obrigado a diminuir o ritmo, após errar no cálculo do combustível. “Massa também teve uma boa corrida ontem. É uma pena que a gente tenha o obrigado a diminuir por causa de um consumo de combustível fora do normal”.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias