Na estratégia, nanicas surpreendem com três carros no Q2

Marussia e Caterham apostaram em pneus slicks no final do Q1 e se deram bem, com Van der Garde, Bianchi e Chilton

Três dos quatros pilotos das nanicas Marussia e Caterham não vão esquecer tão cedo este sábado em Spa. Principalmente Giedo van der Garde que aproveitou as condições da pista belga para fazer o terceiro melhor no Q1 e avançar ao Q2 pela segunda vez no ano. Jules Bianchi e Max Chilton também conseguiram superar o Q1 na base da estratégia, deixando apenas Charles Pic para trás. No Q2, os três voltaram ao desempenho habitual e ficaram nas últimas posições, com Van der Garde em 14º, Bianchi em 15º e Chilton em 16º. Pic larga em 24º.

O ‘pulo do gato’ dos três pilotos foi fazer a parte final do Q1 com pneus para pista seca, enquanto todos os outros usavam ainda pneus intermediários. “Foi um dia fantástico. Fiquei muito feliz pela equipe, por ter conseguido nosso segundo Q2 no ano e por largar em 14º, à frente das duas Marussia”, comentou o holandês da Caterham após o treino. “Era preciso muita coragem para ser o primeiro a sair de pneus de pista seca. No começo parecia que não daria certo, mas depois foi melhorando e foi uma ótima sensação ouvir do meu engenheiro que estávamos em terceiro”, completou.

Seu companheiro Charles Pic lamentou não poder ter usado a mesma estratégia de Van der Garde. “Eu estava tendo um bom desempenho na pista molhada, quando a equipe me chamou para os boxes. Acabei tendo de entrar na parte interna e isso custou o tempo que seria necessário para aquecer os pneus slicks, por isso decidimos voltar com intermediários. Mas estou feliz pelo que o time conseguiu com o Giedo”, comentou.

Na Marussia, Jules Bianchi comemorou seu primeiro na carreira. “Não foi um resultado de sorte, já que todos tiveram o mesmo dilema no final do Q1 e foi muito difícil pilotar com os pneus de pista seca. Mas foi um resultado fantástico e amanhã vamos alinhar na sétima fila. Não sei como estará o tempo, mas vamos procurar aproveitar cada oportunidade”, afirmou o francês.

Seu companheiro Chilton foi na mesma linha. “Foi um ótimo dia para todos. Durante o Q1 eu fiquei meio indeciso, mas demonstramos que era a opção correta. Estou muito ansioso para a corrida de amanhã, faça chuva ou faça sol”, comemorou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Giedo van der Garde , Max Chilton , Charles Pic , Jules Bianchi
Tipo de artigo Últimas notícias