Na pole, Hamilton garante que pneus não serão problema

Piloto britânico assume terceira posição no ranking de poles ao lado de Sebastian Vettel após classificação em Spielberg.

O sábado do GP da Áustria de 2015 foi importante para a carreira do britânico Lewis Hamilton. O atual bicampeão do mundo cravou sua 45ª pole position no Red Bull Ring em uma classificação que terminou com um erro em sua última volta. Agora, apenas Ayrton Senna e Michael Schumacher têm mais poles na história que o inglês.

Hamilton falou que sua classificação foi complicada, graças à baixa aderência presente no asfalto após a chuva desta manhã. Para a sua sorte, seu companheiro de equipe Rosberg, que melhorava seu tempo na última volta, também errou.

“Acho que no geral foi uma classificação muito difícil para todos, por conta das condições da pista”, iniciou.

“Foi muito bom que consegui uma boa volta no terceiro giro da minha primeira tentativa no Q3. Estava dando um extra na volta seguinte e acabei travando os pneus traseiros”, explicou.

“Sinceramente, não me preocupei muito com a pole naquele momento. Só queria trazer o carro de volta para a pista. Foi o que mais de preocupou. Quando fiquei de costas estava na quinta marcha, e tive de ver isso rápido, porque senão o carro apagaria ali e não conseguiria voltar para os boxes.”

Para a corrida, o britânico espera Ferrari e Williams fortes, apesar de que para ele o consumo de pneus não será um problema. “Sim, a Ferrari tem mostrado um grande ritmo aqui neste final de semana. Mas a Williams também está bem. Amanhã vai ser uma corrida muito difícil. Não acredito que pneus sejam um grande problema para ninguém, mas qualquer fração de tempo poderá contar."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Áustria
Sub-evento Sábado classificação
Pista Red Bull Ring
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias