“Nada de mudanças radicais”, diz Alonso sobre novas regras

Espanhol da Ferrari não vê maior facilidade nas ultrapassagens após a estreia da asa traseira móvel e a volta do Kers à Fórmula 1

Alonso se defendeu bem do ataque de Mark Webber no final da prova da Austrália

As novidades no regulamento deste ano da Fórmula 1 geraram uma expectativa alta sobre o aumento de ultrapassagens na categoria. O retorno do Kers e as asas traseiras móveis, para fãs e alguns especialistas, seriam os componentes necessários para uma mudança drástica nas corridas.

O Grande Prêmio da Austrália, realizado em Melbourne, domingo passado, apresentou algumas boas manobras, em prova de relativa emoção. Ainda mais se for considerado que não houve chuva e safety cars.

O bicampeão Fernando Alonso utilizou exemplos de sua própria corrida para argumentar que as novas regras ajudam, mas não tanto como se esperava. “Usei as asas com Rosberg e o ultrapassei com facilidade. Porém, com Button e Webber, o dispositivo não foi efetivo”, declarou o espanhol.

“É uma ajuda, mas só funciona se você estiver bem superior ao carro da frente. Caso esteja apenas dois ou três centésimos mais rápido, não muda muito. Haverá luta. A história de ultrapassagens fáceis este ano não será bem assim”, finalizou Alonso.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias