“Não poderia ter feito mais”, garante Lewis Hamilton

Inglês lamenta sequência de problemas que a McLaren vem tendo neste ano: "Não fizemos um trabalho bom o suficiente"

Foram duas quebras enquanto liderava nas últimas cinco corridas. Antes disso, sofreu punições por troca de câmbio e por não ter combustível suficiente na classificação, além de problemas que não chegaram a acabar com sua corrida, como na suspensão na Coreia e inúmeras falhas nos pit stops, sobretudo no início do ano. Assim, Lewis Hamilton, mesmo tendo um de seus melhores anos como piloto, está prematuramente fora da disputa pelo bicampeonato.

O piloto admite que a sequência de problemas que a McLaren está tendo é frustrante. “Não tem sido fácil porque estou dando meu melhor neste ano. Tem sido uma temporada difícil, tivemos muito problemas. Problemas demais para poder ter vencido. Não fizemos um trabalho bom o suficiente coletivamente para vencer o campeonato”.

Por outro lado, o inglês, que se prepara para as duas últimas provas pela equipe antes de ir para a Mercedes, se diz feliz com seu trabalho. “Não poderia ter feito mais”, garante. “No último final de semana tínhamos ritmo para fazer uma dobradinha. Não sei porque Jenson teve dificuldades, mas o carro estava forte. Mas não tínhamos nada de novo, e peças devem chegar nas próximas provas, então espero que tenhamos novas chances”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias