Não posso continuar chegando em segundo, diz Raikkonen

Vice-líder acredita que apenas a consistência não será suficiente para lutar pelo bi e mira em superar Vettel

O segundo lugar no GP do Bahrein serviu para consolidar ainda mais a vice-liderança do campeonato para Kimi Raikkonen, mas também demonstrou que, para lutar pelo título, o piloto da Lotus precisará fazer mais: superar Sebastian Vettel e a Red Bull.

O atual tricampeão mundial venceu sua segunda prova do ano e chegou aos 77 pontos, abrindo dez de vantagem para Raikkonen. Apesar de consistência, tendo subido ao pódio em três oportunidades nas quatro primeiras provas, o finlandês acha que precisa mais para lutar pelo bi.

“Ainda é muito cedo para dizer, mas acredito que posso lutar pelo título. O problema é que, toda vez que Sebastian vence, estamos em segundo. Precisamos marcar mais pontos que ele para poder superá-lo.”

Perguntado sobre mais um de seus momentos clássicos no rádio, quando afirmou à equipe que “os pneus estavam bons” e que acreditava ter parado cedo demais, o finlandês disse que “não foi uma reclamação, só estava perguntando”. Seja como for, recebeu a resposta de que a estratégia estava sob controle e chegou sem problemas com os pneus ao final da prova.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias