"Não queremos parar por aqui", avisa Alonso após vitória

Espanhol celebra tática da Ferrari e força extra das arquibancadas após vencer pela segunda vez em Barcelona

Um grande ritmo da Ferrari, uma estratégia acertada, ultrapassagens agressivas e um gás a mais vindo das arquibancadas. Essa foi a receita de Fernando Alonso para conquistar pela segunda vez o GP da Espanha, em Barcelona. O piloto da casa foi o primeiro vencedor da prova local a largar atrás da terceira colocação.

O ferrarista saiu em quinto e ultrapassou Kimi Raikkonen e Lewis Hamilton em grande manobra por fora na curva 3. Depois, antecipou a segunda parada para superar Sebastian Vettel e passou Nico Rosberg na pista. A partir daí, adotou um forte ritmo para chegar à frente de Raikkonen, que faria uma parada a menos.

“Definitivamente, foi uma emoção fantástica e a torcida ajudou, porque dá para sentir o apoio vindo da arquibancada. Quando chegamos para correr aqui, todos da equipe cuidam de todos os detalhes porque queremos ir bem. Mas temos de continuar assim porque não queremos parar aqui.”

Com a vitória, Alonso descontou 13 pontos em relação ao líder do campeonato, Sebastian Vettel, e está a 17 do alemão. O espanhol, contudo, não pensa na tabela e se concentra em evitar os erros que o impediram de pontuar bem na Malásia e no Bahrein. Até porque, nas provas em que tudo correu como planejado, o espanhol conquistou duas vitórias e um segundo lugar.

“Nada mudou, tivemos cinco corridas e alguns altos e baixos. Quando tivemos corridas normais, terminamos no pódio, então isso anima, mas não queremos repetir os problemas que tivemos nas outras provas. Temos carro para lutar pelas vitórias, mas temos de fazer um trabalho suficientemente bom para continuar na briga.”

Alonso destacou a importância da estratégia da Ferrari, que fez quatro paradas contra três de Raikkonen e o fato de ter tido pista limpa para demonstrar o ritmo do carro e fazer a tática funcionar.

“Estou muito contente pela vitória. Foi uma corrida muito boa, arriscamos na largada e deu certo e sabíamos que alguns rivais fariam três paradas e acreditávamos que tínhamos ritmo para fazer quatro paradas e andar em ritmo de classificação. Deu certo”, destacou o espanhol, que agradeceu a presença do público. “Sei que é um esforço extra para muitos pela situação econômica. Tomara que esta não seja a última vitória e que possam disfrutar dos domingos na televisão ao longo do ano.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias