"Não sou louco e vou reparar meus erros", defende-se Grosjean

Francês da Lotus vai usar a pré-temporada para treinar uma nova abordagem em 2013. Meta é diminuir acidentes

Grosjean após acidente na Bélgica

Confirmado no final do ano passado para mais um ano na Lotus, Romain Grosjean sabe que terá um ano chave em 2013. Ele terá de provar que deixou a inconstância para trás e para isso utilizará os testes da pré-temporada como modo de se aperfeiçoar.

"As próximas semanas serão de treinamento intenso para mim, com a apresentação do novo carro no fim do mês. Então terei seis dias de testes em fevereiro e, finalmente, o início da temporada, em março", disse o piloto ao F1Today. Segundo o francês, ele e o companheiro Kimi dividirão igualmente o tempo na pista na pré-temporada.

Em 2012, Grosjean demonstrou velocidade, mas se envolveu em muitos acidentes, chegando a ser suspenso por uma corrida e ganhando o apelido de “maluco da primeira volta”, dado por Mark Webber. O piloto de 26 anos, quer deixar tudo isso no passado. “Eu não sou louco, estou ciente dos riscos e estou trabalhando duro para reparar meus erros”, se defendeu Grosjean, fazendo questão de não alimentar a polêmica com o australiano. “Pedi desculpas e é o máximo que posso fazer. As coisas precisam ser observadas dentro de um contexto. Mark disse aquilo no calor da corrida, com toda a adrenalina. Nas últimas cinco corridas, não tive problema nenhum e não há razão para que volte a ter”, argumentou.

Segundo o francês, uma pequena mudança de foco será necessária daqui em diante. “Não acho que a meta deva ser vencer a qualquer custo, pois o sonho é ser campeão algum dia. É claro que pra ser campeão, é preciso vencer corridas, mas deve-se ter cuidado para não confundir o objetivo”, refletiu. 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias