Wolff e Nasr trocam farpas após acidente em treino

Apesar de versão de tio do piloto brasileiro, escocesa se esquivou da culpa por colisão no Circuito da Catalunha

Questionada pela imprensa após o fim do primeiro dia de testes na Fórmula 1 em Barcelona, a escocesa Susie Wolff se esquivou da culpa no acidente com Felipe Nasr. Apesar de Amir Nasr, tio do brasileiro, ter comentado que a reserva da Williams pediu desculpas ao piloto, ela não seguiu a mesma conduta em frente aos jornalistas.

[publicidade]"Eu estava em linha reta, não esperava que ele se movesse de forma tão agressiva. Ele bateu na minha parte frontal da esquerda. Fui direto até ele e perguntei: 'O que passou?'. Ele estava sem palavras. E, para ser honesta, eu estava sem palavras também", disse Wolff.

Nasr insistiu que Wolff parecia dar espaço a ele e, em seguida, bateu na traseira de seu carro.

"Eu me encontrei com ela na curva 4 e pude vê-la se movendo para a direita, então eu pensei que ela sabia que eu estava vindo. Perguntei se ela me viu, e ela disse que não", afirmou o brasileiro.

Os dois carros foram reparados pelas equipes e voltaram à pista, mas apresentaram novos problemas nos minutos finais do teste. A Williams de Wolff sofreu um dano na pressão de óleo, enquanto a Sauber de Nasr parou na pista por conta de uma pane mecânica.

No comunicado emitido pela Williams, Wolff não citou a colisão. Ela só lamentou o fato de não ter tido a chance de dirigir com pneus mais rápidos.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias