Negociações entre equipe Lotus e Quantum prosseguem

Time de Enstone nega que interesse em venda para Quantum tenha terminado após notícias de possível rompimento

A equipe Lotus confirmou que as conversas envolvendo o investimento da Quantum, que duram desde a metade do ano passado, continuam, apesar de vários veículos terem dito durante esta semana que o negócio não aconteceria mais.

A Quantum, liderada por Mansoor Ijaz, esperava concluir a compra da equipe de Enstone, que possui sérios problemas financeiros, ainda no ano passado. No entanto, o dinheiro prometido nunca foi investido e o negócio nunca pôde ser concluído. Após não conseguir investidores suficientes para aquisição do time, Ijaz desistiu de fazer o investimento na estrutura antiga.

“Neste momento, a estrutura original do acordo não pôde ser completa”, confirmou Andrew Ruhan, dirigente que detém 2% da equipe de Enstone, para a revista inglesa Autosport.

“No entanto, mantemos discussões com Mansoor e continuamos acreditando que é possível um acordo em uma base similar”, completou.

Segundo a Autosport, Ijaz teria dado um prazo até 15 de janeiro para saber se poderia continuar conversando sobre o investimento. Ambas as partes teriam concordado em estender o prazo. Mesmo com a espera, Ruhan diz que a Lotus não depende disso para correr em 2014.

“A equipe está muito estável. Estamos agindo para assegurar nosso futuro. Se as conversas com a Quantum obtiverem sucesso, seria um bônus, mas não dependemos disso.”

Neste ano Pastor Maldonado trará o patrocínio milionário da companhia petrolífera estatal venezuelana PDVSA para a Lotus.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias