Newey: “É uma pena que nós inventamos coisas e elas são banidas”

Projetista da Red Bull fala da polêmica dos escapamentos e sobre o processo de criação dentro da equipe

Newey segue

 

Como todo bom mágico, Adrian Newey não revela suas táticas. Projetista dos carros que vêm dominando a F-1 desde meados de 2009, o inglês insiste que não há nada revolucionário em sua abordagem.

“Como diz o velho ditado, é 99% transpiração e 1% inspiração. Ocasionalmente, algum de nós aparece com uma grande ideia, mas na maior parte do tempo estamos tentando evoluir o que temos.”

Ouvido pelo TotalRace, o ‘pai’ do RB7, que arrebatou quatro das cinco provas até agora, todas sob a batuta de Sebastian Vettel, só se diz descontente com a possível proibição da ação aerodinâmica dos escapamentos  soprados no difusor. Criação sua do ano passado.

“É uma pena que nós inventamos coisas e elas são banidas, mas acontece. Já aconteceu com outras equipes e vai acontecer conosco.”

De olho na concorrência, o projetista destacou o trabalho da McLaren.

“Nunca se pode descartar a McLaren. Eles estavam claramente muito próximos em Barcelona, venceram na China, então estão por perto.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Tipo de artigo Últimas notícias